IMPACTO DA DIVULGAÇÃO DE EVENTOS SUBSEQUENTES NO RETORNO ANORMAL: ESTUDO EM COMPANHIAS DO IBOVESPA

Autores

  • Sonia Raifur Kos Universidade Estadual do Centro Oeste
  • Claudio Marcelo Edwards Barros Universidade Federal do Paraná
  • Romualdo Douglas Colauto Universidade Federal do Paraná

Resumo

O objetivo do estudo consiste em verificar o impacto da divulgação de Eventos Subsequentes no Retorno Anormal das ações em empresas que participam do IBOVESPA. Para tratamento estatístico empregou-se Estudo de Eventos para verificar se a divulgação de Eventos Subsequentes provocou Retorno Anormal das ações. Após isso, os dados foram submetidos à análise confirmatória por meio de procedimentos multivariados utilizando a Regressão com Dados em Painel. Em seguida foi realizada uma análise individualizada na data da ocorrência de 28 tipos diferentes de Eventos Subsequentes divulgados. Os resultados denotam que 16 eventos apresentaram pelo menos um Retorno Anormal significativo na janela temporal, enquanto os outros 12 não impactaram o mercado. A pesquisa contribui para explicar aos gestores como o mercado reage a divulgação de Eventos Subsequentes ocorridos entre o fechamento do período contábil e a data de autorização da emissão das demonstrações contábeis, principalmente pelo fato dos Eventos Subsequentes estarem relacionados, normalmente, com valores expressivos dentro da organização.Palavras-chave: Eventos Subsequentes. Retornos Anormais. Conteúdo Informacional; Relevância da Informação Contábil.

Biografia do Autor

Sonia Raifur Kos, Universidade Estadual do Centro Oeste

Doutoranda em contabilidade - UFPRMestre em Contabilidade - UFPRGraduada em Contabilidade - UNICENTRO

Claudio Marcelo Edwards Barros, Universidade Federal do Paraná

Doutorando em contabilidade - UFPRMestre em Contabilidade - UFPRGraduado em Economia - UFAM

Romualdo Douglas Colauto, Universidade Federal do Paraná

Pós-Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo. Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor e coordenador do PPG – Mestrado e Doutorado em Contabilidade da Universidade Federal do Paraná.

Downloads

Publicado

2017-07-12

Edição

Seção

ARTIGOS