ANÁLISE ECONÔMICO-FINANCEIRA MEDIANTE GERAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE CRÉDITOS DE CARBONO

Autores

  • Renata Lúcia Basso
  • Daniele Dias de Oliveira Bertagnolli
  • Lucas Almeida Dos Santos Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Centro Universitário Franciscano - UNIFRA

Resumo

Os créditos de carbono podem ser comercializados criando receitas extras para as empresas que investem na sustentabilidade. Dessa forma, o estudo tem como objetivo geral analisar como a participação em projetos de MDL e geração de créditos de carbono auxiliam na situação econômico-financeira da organização. A pesquisa apresenta-se como um estudo de caso de natureza aplicada, descritiva, exploratória, documental, sendo de acordo com os procedimentos quali-quantitativa. Durante a pesquisa foi possível conhecer as características da empresa, os processos operacionais necessários para geração dos créditos de carbono e a verificação da situação econômico-financeira no período de 1997 a 2011. A partir desta análise, constata-se que a participação da empresa em projetos de MDL para a geração de créditos de carbono influencia positivamente a situação econômico-financeira da empresa, visto que se não fosse considerada a receita extra dos créditos de carbono, os índices apresentariam um desempenho mais baixo. Portanto, foi possível notar que os créditos de carbono, podem ser um elemento chave para o crescimento e solidez das empresas, já que a procura pela redução da poluição e a busca por processos ambientalmente limpos é indispensável para sua garantia e permanência no mercado.Palavras-chave: Protocolo de Quioto. MDL. Créditos de Carbono. Análise econômico-financeira.

Biografia do Autor

Lucas Almeida Dos Santos, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Centro Universitário Franciscano - UNIFRA

Graduando em Administração de EmpresasBacharel em Ciencias ContábeisGraduado em DocênciaEspecialista em Contabilidade GerencialMestre em Engenharia de ProduçãoDoutorando em Administração Professor Universitário Graduação e Pós-Graduação

Downloads

Publicado

2017-07-12

Edição

Seção

ARTIGOS