FINANCIAMENTO POLÍTICO NO BRASIL: PERFIL DAS EMPRESAS DOADORAS A CANDIDATOS ENTRE OS ANOS DE 2002 A 2014

Autores

  • Cleide Simone da Silva Ribeiro
  • Juliana Gonçalves de Araújo
  • João Gabriel Nascimento de Araújo
  • Rodrigo Vicente dos Prazeres

Resumo

O presente artigo tem como objetivo identificar o perfil das empresas que financiam candidatos políticos em anos eleitorais. Para tanto, este estudo contemplou a análise das 20 empresas que mais realizaram doações entre os anos eleitorais de 2002 a 2014. Essa quantidade foi escolhida pela representatividade obtida no total das doações, além de permitir uma análise mais aprofundada e descritiva da amostra. Primeiro buscou-se captar os valores das doações declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelos candidatos. Para a obtenção dos dados utilizou-se do site www.tse.jus.br e do site www.asclaras.org.br, sendo coletadas as informações referentes ao valor da doação, cargos beneficiados, estados e partidos. Posteriormente, buscou-se, através da seleção dos 20 maiores doadores nos anos eleitorais escolhidos, identificar as principais características das empresas doadoras, como setor e porte, e para isso utilizou-se consultas aos sites privados. A partir da identificação das empresas doadoras e seus setores, as análises indicam que, ante a compleição de diversos setores, é predominante a presença das sociedades anônimas de capital fechado e o setor de construção civil, mas é possível notar diversos setores que sustentaram o financiamento político nos anos analisados, como os setores de Metalúrgica e a Indústria de Alimentos.Palavras-chave: Financiamento político. Partido Político. Transparência.

Downloads

Publicado

2017-07-12

Edição

Seção

ARTIGOS